Saiba a importância e dicas para a hidratação do seu pet no verão
Blogs e Colunas | Coluna de Estimação 30/12/2019 14h42 - Atualizado em 31/12/2019 09h15

No verão, os cães e gatos também precisam se refrescar e se manter hidratado neste período onde os dias são mais quentes. Não somente isso, certos cuidados como o uso de filtro solar e passeios em temperatura amena também são importantes para garantir o bem-estar do seu melhor amigo. 

Em altas temperaturas, seja dentro de casa ou durante um passeio, os pets sofrem incômodos. Uma boa hidratação e com água de qualidade é essencial e pode ser determinante para o estado de saúde do pet, seja filhote, adulto ou idoso, segundo veterinários. Entre os benefícios deste consumo, a água é responsável pelo bom funcionamento do organismo, desenvolvimento físico e para as defesas contra doenças.

Algumas dicas podem facilitar esse processo. Manter o pote sempre cheio com água fresca, em recipiente grande e na sombra, à disposição do pet o dia todo e trocando-a com frequência. "Se possível, coloque vários potes de água pela casa. Pode por ainda cubinhos de gelo o que deixa a água ainda mais fresquinha", comenta a veterinária Juliene Oliveira. Fontes de água também ajudam a estimular o consumo de água, caso o pet não queira.

Frutas também auxiliam na hidratação. "Dar de preferência alimentações leves, se for o caso do pet comer somente ração ter sempre água disponível, além de petisco sempre gelado a exemplo de algumas frutas ricas em água, como melancia, melão, banana, mamão, mas com cautela pois alguns pacientes são bem sensíveis", ressalta a nutróloga.

No período do verão, o cãozinho também tende a comer menos, como explica a veterinária. "É verdade, os pets tem menos vontade de comer nesse período devido a questão fisiológica, ou seja, quando se faz a digestão aumenta a temperatura", explica. No entanto, se houver alguma dúvida ou suspeita, a orientação é procurar o médico veterinário. 

Veterinários também orientam o uso de filtros solares, principalmente nas partes expostas ao sol, menos cobertas por pelos, como ponta de orelha, barriga e nariz. "Existem alguns filtros solares veterinários, então é necessário ver a formulação com o profissional se for manipulado, senão existem alguns prontos que podem ser encontrados na internet", afirma Juliene. 

Tosar 100% o pet não é recomendado pela veterinária, já que os pelos também são responsáveis por regular a temperatura. A orientação é apará-los, principalmente os que possuem pelos longos como os das raças shih-tzu, yorkshire e lhasa apso. 

Evitar passeios em horários mais quentes, entre 10h e 17h, também é uma das orientações de profissionais por conta da maior incidência solar, inclusive para os pets de focinho "achatado". O ideal é sair de manhã cedo ou entre o final da tarde e a noite, e durante os passeios levar garrafas de água limpa e fresca, e fazer pausas para oferecer ao pet. Além de nunca deixar o animal trancado em um carro sem ventilação. Ainda em dias de muito calor, evitar exercícios longos e reduzir a quantidade do tempo, manter os pets em ambiente com sombra e deixar um ventilador disponível. No mercado pet, existem ainda os 'tapetinhos' gelados feitos para que os cães se deitem em cima, amenizando o calor.

Deve-se ainda evitar focinheira para os cães bem agitados, já que o objeto atrapalha a troca de temperatura que acontece nos pets somente através da respiração, pois eles não transpiram como os humanos. Se não houver outra opção, usar as fabricadas com produto mais leve. 

Petisco refrescante

A veterinária Juliene Oliveira dá dicas fáceis para fazer petiscos refrescantes em casa, em que tanto o pet quanto o tutor podem consumir. "Lembre-se de oferecer sempre com moderação", ressalta. Confira.

Picolé de fruta:
- Pegue 250 mls de água mineral ou água de côco, misture com 80 gramas de alguma fruta permitida para pets (melância, mamão, manga, banana, maçã) e bata no liquidificador;
- Depois coloque em uma forma de gelo e leve ao congelador. 
- Assim que estiver pronto pode oferecer ao seu pet e deixe ele se deliciar ao mesmo tempo que se refresca. 

Cubinhos de carne ou frango congelados:
- Você também pode fazer cubinhos com o caldo da carne ou frango cozidos (sem nenhum tempero). Se desejar pode colocar alguns pedacinhos da proteína para congelar junto também.


 

Mais Notícias de Coluna de Estimação
Cuidados de tutores e de veterinários são essenciais na castração
15/02/2020  07h59 Cuidados de tutores e de veterinários são essenciais na castração
Foto: SMS
27/01/2020  15h11 Aracaju amplia atendimentos do Castramóvel a todos os bairros a partir deste mês
Foto: PMA
25/01/2020  10h26 Prefeitura finaliza série de fiscalizações em lojas de produtos para animais
Fotos: CBMSE
24/12/2019  12h27 Cão de salvamento dos Bombeiros doa sangue para cachorros debilitados
Foto: Docekilate Hotel Pet/cedida ao F5 News
19/12/2019  18h58 Hotéis para pets oferecem hospedagens durante férias e festas de fim de ano

Blogs e Colunas
Coluna de Estimação
Coluna de Estimação

Fernanda Araújo é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela UNIT, pós-graduada em MBA Marketing, Assessoria e Comunicação Integrada pela FANESE. Já trabalhou como assessora de comunicação em sindicato de classe, e atualmente, é repórter no Portal F5 News. Premiada em primeiro lugar no Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica da Fapitec, na categoria web jornalismo, em 2018.

E-mail: fernandaaraujo.jornalismo@gmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.