Entenda a importância da vacinação contra a raiva no seu pet
Campanha em Aracaju quer imunizar 39 mil animais; saiba onde vacinar
Blogs e Colunas | Coluna de Estimação 14/10/2020 12h23 - Atualizado em 14/10/2020 17h08

Atualmente, a capital sergipana, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, está classificada pelo Estado como município com baixo risco para transmissão da raiva. O último caso de raiva animal registrado em Aracaju foi em 2017. No entanto, são necessárias medidas de prevenção contra a doença.

A raiva, uma doença infecciosa causada por um vírus, afeta os mamíferos e atinge principalmente o sistema nervoso, causando sintomas como alterações de comportamento, tendo a agressividade como uma das mais características. 

A transmissão ocorre através da mordida, lambedura e arranhadura de animais infectados com o vírus, que é eliminado pela saliva. Os animais com raiva vem a óbito em até 10 dias a partir do início dos sinais clínicos. Por isso, a vacina é a principal forma de prevenção da doença.

“(a raiva) É uma doença grave que leva sempre ao óbito no caso dos animais e com ocorrência de poucos casos de cura em seres humanos, porém com grandes sequelas. Os animais com raiva geralmente apresentam sinais neurológicos (dificuldade de deglutição, convulsões, paralisia), não reconhecem o dono, apresentam salivação e agressividade", explica a gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Marina Sena.

Em casos suspeitos de raiva, Marina Sena explica que o CCZ deve ser informado para acompanhamento do caso e realização dos exames necessários após o óbito. "É importante também informar que em caso de mordidas de cães, gatos conhecidos ou desconhecidos, e morcegos, as pessoas procurem atendimento médico para ser iniciado o protocolo vacinal pós-exposição e para que o animal fique em observação por um período de 10 dias”, orienta".

Aracaju deu início a Campanha de Vacinação Antirrábica de cães e gatos na terça-feira (13), sendo realizada por etapas, com pontos volantes e fixos. Até o final da campanha, que ocorre até o dia 6 de novembro, a estimativa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é imunizar 39.750 animais. Em outros municípios do estado, a vacinação começou no dia 7 de outubro e estima-se para o estado a imunização contra a raiva de 317 mil animais, entre caninos e felinos.

"Mesmo não havendo campanha em 2019, por parte do Ministério da Saúde, a SMS intensificou a imunização dos animais em bairros que fazem fronteira com outros municípios e na zona rural", afirma a pasta municipal.

Podem ser imunizados animais com idade a partir de três meses de vida; o tutor deve apresentar o cartão de vacina do animal. A primeira etapa se inicia em quatro pontos da cidade, sendo a primeira fase na Zona de Expansão, por meio dos postos volantes, com a vacinação casa a casa, devido a dificuldade de acesso aos pontos fixos na localidade.

Na terça, as equipes estiveram no povoado Mosqueiro e bares da Rodovia Sarney; nesta quarta (14) no Loteamento Sr. do Bonfim, no bairro Soledade. Nos próximos dias, 15 e 16, ocorre no Largo da Aparecida, no Jabotiana, e as margens do Rio Poxim, no Capucho, respectivamente. 

A segunda fase da campanha compreende os postos fixos de vacinação, que serão divididos em três etapas. A primeira etapa será na Zona Sul da capital, no período entre 19 e 23 de outubro; a segunda etapa nos bairros do Centro da capital, entre 26 e 30 de outubro; e a última etapa ocorrerá na Zona Norte, no período entre 4 e 6 de novembro. 

Os postos fixos estarão abertos no horário das 08h às 17h. Confira os locais:

*Com informações da Secretaria Municipal de Saúde
 

Mais Notícias de Coluna de Estimação
Adoção e abandono de animais domésticos aumentam durante a pandemia
24/10/2020  10h44 Adoção e abandono de animais domésticos aumentam durante a pandemia
Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas
12/10/2020  20h58 Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas
Maus-tratos contra cães e gatos agora pode dar até 5 anos de prisão
29/09/2020  20h49 Maus-tratos contra cães e gatos agora pode dar até 5 anos de prisão
Campanha de vacinação antirrábica acontece de 7 de outubro a 7 de novembro em Sergipe
29/09/2020  16h03 Campanha de vacinação antirrábica acontece de 7 de outubro a 7 de novembro em Sergipe
Arara resgatada (Foto: Adema)
22/09/2020  16h28 Entenda as regras para a criação de animais silvestres

Blogs e Colunas
Coluna de Estimação
Coluna de Estimação

Fernanda Araújo é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela UNIT, pós-graduada em MBA Marketing, Assessoria e Comunicação Integrada pela FANESE. Já trabalhou como assessora de comunicação em sindicato de classe, e atualmente, é repórter no Portal F5 News. Premiada em primeiro lugar no Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica da Fapitec, na categoria web jornalismo, em 2018.

E-mail: fernandaaraujo.jornalismo@gmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.